Quinta-feira, 3 de Dezembro de 2009

«Comecei a ler William Somerset Maugham e o seu Exame de Consciência e, depois disso, criou-se em mim uma dúvida tremenda que tem a ver com o Belo e as coisas belas. Até aqui qualquer trabalho que fizesse era de uma beleza tão grande, tão grande, que me dava uma hemorragia de prazer. Fiz um exame de consciência. Estou incompleto. O que tinha de extrair de beleza nas outras equipas já fiz. Desse champanhe já bebi. É altura de pensar em champanhe de outra categoria porque penso que também sei beber nessas grandes salas onde se toca Bach e outros grandes compositores.»

 

 

[Joaquim Lucas Duro de Jesus, «Quinito» no futebol, treinador do Sporting de Espinho, depois de dois anos das arábias no Kuwait.]

Record, 6 de Maio de 1988

publicado por Quetzal às 17:22
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
.mais sobre mim
.pesquisar neste blog
 
.Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. João Pombeiro e Marta Reb...

. Cada vez mais a Norte

. Agenda

. «O futebol também foi cri...

. O eixo do mal

. Vocês sabem do que estamo...

. Nelson Ned e o Muro de Be...

. Terceiro não é assim tão ...

. Nobel para o Benfica

. À espera da edição revist...

.arquivos
2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Margarida Ferra: coração ...

blogs SAPO
.subscrever feeds