Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

30 ANOS DE MAU FUTEBOL

O que eles um dia tiveram coragem de dizer. E disseram mesmo.

O que eles um dia tiveram coragem de dizer. E disseram mesmo.

30 ANOS DE MAU FUTEBOL

14
Dez09

Cada vez mais a Norte

Quetzal

 

Depois da apresentação de 30 Anos de Mau Futebol, sábado em Leiria, na acolhedora Livraria Arquivo, logo à noite estamos no Porto. Luis Freitas Lobo e Francisco José Viegas apresentam, às 22h00, o livro de João Pombeiro. Lá esperamos adeptos de todos os clubes em geral e de futebol em particular (uma frase digna de figurar no próximo livro, esta).

09
Dez09

Agenda

Quetzal

30 Anos de Mau Futebol não se dirige apenas a leitores da capital. Até ao final deste ano haverá apresentações e encontros com leitores em Leiria e Porto, pelo menos.

 

Em Leiria, na Livraria Arquivo, no próximo sábado, dia 12, pelas 18h30.

No Porto, na Fnac NorteShopping, na segunda-feira, dia 14, às 22h00, com apresentação de Luis Freitas Lobo e Francisco José Viegas.

 

 

03
Dez09

O eixo do mal

Quetzal

 

«Esses Bin Ladens terão a sua hora. Vocês sabem do que estou a falar…»

 

[Só para o leitor tentar decifrar o mais clássico dos enigmas de Octávio Machado, então treinador do FC Porto – repetido com uma nova variante, cinco dias depois dos atentados terroristas nas Torres Gémeas, em Nova Iorque –, escreva-se que a frase vem no seguimento de uma outra que começa assim: «O facto de Rubens Júnior ter sido titular prende-se com opções que têm a ver com muita coisa. Infelizmente, há quem queira transformar figurinhas em figuronas. São esses Bin Ladens que pensam que matam presidentes.» O FC Porto acabava de empatar com o Benfica no Estádio da Luz (0-0), mas isso não é uma pista à altura do antigo jogador do Vitória de Setúbal e do FC Porto (anos 70 e 80). Ele sabe que nós sabemos que ele sabe que nós não sabemos patavina, mas isso sempre ajuda à festa.]

O Jogo, 16 de Setembro de 2001

 

Ilustração de Pedro Vieira.

03
Dez09

Nelson Ned e o Muro de Berlim

Quetzal

«Já há muito tempo que sabia a situação financeira de alguns clubes e para onde isto caminhava. Era previsível, são coisas de que nos apercebemos facilmente. É como o Muro de Berlim: eu já sabia há 20 anos que o muro ia cair. [Porquê?] Tenho um disco dessa altura que fala precisamente do derrube do Muro de Berlim. O cantor é brasileiro. Chama-se Nelson Ned.»

[Fernando Melo, presidente do Penafiel há apenas dois meses – apresentado como «quase o Ieltsin do futebol português» –, sucessor de Manuel Rocha, um dos protagonistas do escândalo de corrupção que ficou conhecido como «Penafielgate» (1990), e que envolveu ainda o árbitro Francisco Silva e o presidente do Conselho de Arbitragem, Lourenço Pinto.]
Diário de Notícias, 4 de Setembro de 1991

 

03
Dez09

Nobel para o Benfica

Quetzal

«O galardão máximo de literatura foi entregue a José Saramago. Ainda por cima, José Saramago é do Benfica. Somos campeões do mundo em literatura! É isso que nós, benfiquistas, não podemos perder no nosso humanismo.»

[Jorge Máximo, taxista e tonitruante sócio do Benfica (pódio onde também figura «Barbas», proprietário de um restaurante homónimo na Costa da Caparica), durante uma assembleia geral do clube.]
Grande Reportagem, Novembro de 1998
 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D